sexta-feira, 18 de setembro de 2009

Standlândia

Que Maputo se transformou, sobretudo para quem vive e passa frequentemente por esta cidade, não há sombra de dúvidas. Para bem dizer, na cidade de Maputo, em termos de número, parece haver mais stands de venda de carros do que escolas. Isso talvez justifique os 35 000 veiculos que atravessam diariamente a Portagem de Maputo e só nas horas de ponta.

Por exemplo, na Av. Marien N’Guabi, Av. De Angola, Av. Guerra Popular e Av. 24 de Julho, há entre 4 e 7 stands de vendas de viaturas. Na Av. 25 de Setembro, na Av. Amilcar Cabral, na Av. Vladimir Lenine, há outros tantos (entre 2 e 4). Nessas mesmas avenidas há, na Av. Marien N’Guabi 2 escolas, na Av. De Angola também 2, na Guerra Popular idem e aspas e 4 na Av. 24 de Julho (escolas ou centros de formaçäo de referencia).

Pode-se constatar, portanto, que em Maputo vende-se carro como se vendem tangerinas em Julho, amendoim torrado todos os dias e badjias frias à porta da padaria. O mais engraçado é que esses stands, tal como cogumelos selvagens ou cacana, que melhor germina em meio inapropriado para algo que se consome (latrinas), nascem e crescem em espaços täo microscópicos que as manobras säo feitas, seguramente, com uma fita métrica.

7 comentários:

AGRY disse...

Ainda que não sublinhada, estamos, aqui, na presença de uma estória do Maputo!Mais uma e bem interessante! O consumismo, a ganância, o vale-tudo, o novo riquismo, a imitação-do-outro, são alguns dos ingredientes que tornam possível estes cozinhados no grande caldeirão que é o consumismo que se sobrepõe e remete para a amnésia social os grandes problemas que urge resolver

Chacate Joaquim disse...

Deus é o único e melhor Gestor, o Homem cria escolas mas nunca atinge a perfeição, o que seria do Mundo se Deus fosse um descontrolado como o Homem? certamente já não seria a preferência que é para quem está vivo!

Não compreendo a razão desta abertura se não há um plano para desenvolver a nossa rede de estradas ao nível da cidade!talvez com a extreminação dos chapinhas vulgo Then Yes a situação observe um arelativa melhoria. abraços

Ximbitane disse...

Concordo, Agry!

Ximbitane disse...

Chacate, as perguntas para e sobre Deus... Agora quanto aos planos quinquenais estradais...

Domingos Bihale disse...

Caro Ximmbitane, os Planos Queinquenais nao priorizam a urbanizacao, nem contemplam a redistribuicao. Eles sim fomentam o que Agry ja fez referencia. Duvidas? TPC: comparem os galos politicos com os Galos da Riqueza neste Mocambique de todos nos.

Lázaro M.J.D.M Bamo disse...

Ximbi

Parece que o país virou um autentico dumbanengue, parece que a vontade de trabalhar e produzir de facto foi substituida pela aposta na venda de carros e outros bens.

Sao os famosos Patroes

Ximbitane disse...

Oh Bamo, deve nao ser culpa deles, coitados. Agora se se quer viver nesta terra tem que se ser empreendedor, doa a quem doer