quinta-feira, 2 de outubro de 2008

Leite imaculadamente assassino

4 bebés mortos, 53.000 intoxicados, dos quais 13.000 hospitalizados, 104 em estado grave e outros 40.000, bebés e crianças com menos de dois anos, sob vigilância medica, devido a problemas renais, é o balanço actual dos efeitos devastadores do leite adulterado e assassino na China.

Na Europa todos produtos lácteos, provenientes da China, que contenham mais de 15% de leite em pó, como biscoitos, doces e chocolates, estão na berlinda e o alerta se estende a Singapura, Taiwan, Hong-Kong e Japão. Incluídos no alerta estão os produtos derivados do leite, nomeadamente, soro de leite, leite em pó, leite condensado, leitelho, natas, manteiga, iogurtes, sorvetes, caseína de leite e caseinatos de leite.

O vírus assassino, mergulhado no imaculado branco do leite, é a melamina, um composto químico com alto teor de nitrogénio que perturba o funcionamento do sistema urinário. No caso, a melamina estava a ser usada para falsear o teor de proteína dos produtos ou melhor dar consistência ao leite aguado e faze-lo parecer rico em proteínas, ao invés de ser usada na produção de plásticos.

Países asiáticos e nações africanas alvos de importantes exportações chinesas também já tiraram a equipe de campo nesse campeonato leiteiro suspendendo a importações do leite chines e de todos os lacticínios desta origem: Bangladesh, Birmânia, Brunei, Burundi, Gabão, Japão e Tanzânia por terem recebido lotes de leite chinês.

Entre nós, as nossas autoridades alfandegárias referem que leite provindo da China nem sequer faz parte dos nossos fornecedores leiteiros. Mas ,nunca é demais estar atento se termos em conta as acusaçoes que pesam sobre a China devido a seus produtos de má qualidade (alimentares ou farmacêuticos) , tóxicos e seus brinquedos pintados com tinta de alto teor de chumbo, entre outras irregularidades.

6 comentários:

Chacate Joaquim disse...

Olá Ximbita!

Xiii! é temeroso o assunto que aborda na sua postagem de hoje,Ximbita, vai ver muitas doênças que nos apoquetam em África são importadas desses Países.

Tomemos cuidado com esses productos depois meia volta responsabilizam a mãeÁfrca como berço das mesmas que pena do africano.

abraço

X!mb!t@nE disse...

Isso é verdade, Chacate! E como somos os tais de aceitar tudo o que é oferta ou esta a preço baixo, temos é que abrir o olho senao o barato nos sai caro!

Dede Moquivalaka disse...

Para no's que temos bebe's em casa, todo o cuidado e' pouco. Mas o que a propria China diz quanto a este problema.
Vai ajudar a retirar os produtos?
Vai indemnizar as vitimas?

...........
Temos que ter atencao que os produtos com problemas da chineses com problemas nao e' sao so' os la'cteos. Colguete, brinquedos para crianc,as(tem um cheiro esquisito) e a propria roupa. Que fazer perante um gigante desses apostado no negocio e quer la' saber de outras coisas...

Jorge Saiete disse...

Dede,
que eu saiba o governo da China já mandou recolher todo o leite das prateleiras dos supermercado, tendo restado apenas o que estava nas casas das pessoas.

Xim
Eu duvido que não tenha entrado em Moçambique o leite Chines, tendo em conta as fragilidades imperdoaveis das nossas autoridade. Creio que se tivessemos sistemas de informações eficientes já teriamos tido noticias de gente intoxicadas neste vasto moçambique.

Eu estou preocupadissimo e já tenho medo de dar o usual NIDO+1 ao meu Jr. Nessas situações desconfiamos até da nossa sombra.
abraço

X!mb!t@nE disse...

Dede, está situação é de deixar arrepiado qualquer um sobretudo para os que têm filhos.

Que eu saiba, nada está a ser feito no sentido de ressarcir as vitimas tanto internamente como externamente.

Quanto ao papel da China na retirada do leite de circulação, acredito muito pouco. Esse papel é reservado aos governos dos países que "tomam" esse leite, o nosso incluido.

Pessoalmente, temos que velar pela nossa propria saúde, nosso bem precioso, e das nossas indefesas crianças.

X!mb!t@nE disse...

Amigo Saiete, entendo perfeitamente a tua preocupação e a compartilho contigo pois também os meus pequenos tomam leite como se de agua se tratasse.

O preocupante é que podem usar as habituais embalagens e lá guardarem o leite melaminado. Céus, mais uma preocupação a acrescentar as multiplas que ja temos!

O pior de tudo é que não é a primeira vez que esta acção maldosa é perpretada na China, apenas extravasou as fronteiras.